Confira nosso Relatório de Atividades 

Em 2019, revisamos nossas prioridades estratégicas para garantir o desenvolvimento e a independência de nosso Grupo no longo prazo. Nosso plano estratégico, chamado de "Visão 2025", gira em torno de duas questões prioritárias; a emergência climática, fonte não só de desafios, mas também de oportunidades de criação de valor sustentável, e o desenvolvimento da tecnologia digital, que está mudando profundamente nossa sociedade e a natureza de nossas profissões.

Em nosso Relatório de Atividades, você encontrará detalhes sobre nossos compromissos, ambições e planos de ação para os próximos anos. Apesar da crise sem precedentes que o mundo vive atualmente, estamos confiantes de que podemos contar com nossos ​​resultados financeiros de 2019 e com a nossa sólida resiliência para continuar entregando o crescimento que estamos alcançando.

A Egis está apoiando a estruturação de projetos de Parceria Público-Privada no Paraná

Modelar e estruturar projetos de Parceria Público-Privada (PPP) para a operação do serviço de iluminação pública no município de Toledo (PR) é a missão da Egis no contrato firmado no começo deste ano com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

Em um prazo de 12 meses, o consórcio formado pela Egis, Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) e Pezco tem o desafio de avaliar ações nas áreas de Engenharia, Meio Ambiente, Direito, Finanças e Comunicação para elaborar os projetos, que servirão para futura licitação e contratação da PPP responsável pela operação da iluminação pública de Toledo.

Novos contratos em São Paulo e na Bahia

A Egis assinou dois contratos para pesagem de veículos nos estados de São Paulo e da Bahia. Até abril de 2021, nossas equipes apoiarão o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER/SP) na fiscalização de peso e dimensões de veículos de transporte de cargas excedentes, indivisíveis e superdimensionadas nas rodovias sob administração do órgão.

Na Bahia, realizaremos a pesagem dinâmica e móvel de veículos em diferentes pontos das rodovias BR-324, BA-526 e BR-116 para a concessionária Viabahia entre julho e dezembro de 2020.

Você sabe para que serve a pesagem veicular? Esse serviço identifica irregularidades no transporte de cargas, ajudando a reduzir os riscos de acidente e preservar a qualidade do pavimento. É mais segurança para todos e menos gastos com manutenção!

Prorrogação de contrato na cidade de São Paulo

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes da Prefeitura da Cidade de São Paulo prorrogou por mais seis meses a prestação dos serviços de fiscalização automática de trânsito realizados pela Egis.

O contrato envolve a operação de radares fixos no lote 4 de distribuição da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), estendendo-se por toda a zona sul de São Paulo, do Jaguaré a Interlagos.

Os equipamentos de fiscalização e controle de trânsito são um dos fatores relacionados à diminuição de acidentes, representando um recurso eficiente para melhorar a segurança viária.

A Egis assinou um contrato com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) para fornecer o controle tecnológico de concreto e seus constituintes às obras para a construção de unidades de sistemas de esgotos sanitários e abastecimento de água nas regiões Sul, Centro e Noroeste do estado e também no Vale do Ribeira.

Formalizados em março de 2020, os serviços serão prestados ao longo de 40 meses em conjunto com empresa consorciada.

A Egis está desenvolvendo projetos para revitalizar uma das regiões mais icônicas da cidade

O Centro Histórico da cidade de São Paulo ocupa uma área de 68 mil metros quadrados, delimitada pelas ruas Líbero Badaró, Boa Vista e Benjamin Constant e por um trecho da Praça da Sé. A região vem perdendo as suas características urbanísticas e apresenta deterioração em vários aspectos. Com o objetivo de recuperar o Centro Histórico e torná-lo um polo turístico, a SP Obras contratou a Egis para desenvolver os projetos básico e executivo de requalificação da área e fornecer o Apoio Técnico à Obra (ATO).

O projeto prevê a construção de um novo piso e reparos em toda a infraestrutura da região, especialmente na drenagem e implantação de canaletas para redes de telecomunicações. Também serão promovidas melhorias no mobiliário urbano, iluminação pública e sinalização turística e ambiental. O contrato, assinado em março de 2020, terá duração de 18 meses.

No contexto de pandemia do coronavírus, nossa prioridade absoluta é a preservação da saúde de nossos colaboradores, clientes, parceiros e fornecedores.

Desde o início da pandemia, adotamos todas as medidas necessárias para garantir a segurança de cada um de nossos colaboradores, estejam eles em campo ou home office. Aproveitamos para reconhecer e agradecer a dedicação de nossas equipes de TI, RH, SGI, Serviços Gerais e Suprimentos e também aos membros do Comitê do Coronavírus.

Nossas equipes agora têm as conexões e ferramentas necessárias e estão mobilizadas para continuar suas atividades com eficiência, mantendo o mesmo nível de qualidade e capacidade de resposta, em estreita colaboração com seus contatos.

Esperamos que a situação volte ao normal para todos nós o mais rápido possível e nos colocamos à disposição de nossos clientes para apoiá-los a solucionar os desafios enfrentados nesse período.

Na primeira semana de março de 2020, em Brasília (DF), foi entregue o último produto da cooperação entre a Egis e a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP), firmada com o objetivo de elaborar estudos para avaliar e propor modelos de regulação relativos ao manejo de resíduos sólidos urbanos em Parcerias Público-Privadas (PPP’s) em diversos municípios brasileiros.

A última entrega consistiu na capacitação e treinamento das diversas agências reguladoras brasileiras. Ainda participaram da capacitação representantes do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Associação Brasileira de Agências de Regulação (ABAR), Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (SPPI) e Caixa Econômica Federal (CEF), além da Expertise France e da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), que viabilizou os estudos.

A ocasião foi uma oportunidade de alinhamento e treinamento tanto dos agentes reguladores como dos próprios integrantes dos órgãos públicos envolvidos sobre como viabilizar as PPP’s desse tipo de serviço.

Você sabe o que metodologia BIM pode fazer pelos seus negócios?

A transformação digital é uma realidade em todos os setores. Buscando continuamente a inovação em seus serviços, a Egis já atua há anos com o BIM e recebeu diversos prêmios pela aplicação da metodologia. O Building Information Modeling (BIM) - em português, Modelagem da Informação da Construção - é um conceito inovador e tem sido empregado pela Egis em vários projetos de Infraestrutura. 

A metodologia promove melhor utilização dos recursos e pode reduzir os custos e prazos de obras complexas. Para apresentar os serviços realizados em BIM na América Latina, a Egis lançou o e-book BIM by Egis, fruto da parceria com a consultoria Frazillio Ferroni, que forneceu treinamento às equipes da Egis.

Conheça todas as nossas soluções em BIM.  

A Egis assinou em dezembro de 2019 um novo contrato com a Vale para Acompanhamento Técnico de Obras (ATO), fornecimento e instalação de instrumentação geotécnica.

O contrato, com duração de 31 meses, refere-se à segunda fase de estabilização da Serra do Curral, localizada na Mina de Águas Claras, na cidade de Nova Lima (MG), e trata-se de um desdobramento da primeira fase da obra, em que a Egis realiza o acompanhamento técnico de mais de 20 mil metros quadrados de solo grampeado e 33 quilômetros de perfuração em rocha. A obra atual conta com três cortinas atirantadas de aterro, cada uma com 220 metros de comprimento linear, totalizando 1.400 tirantes de 39 toneladas.

Com o objetivo de verificar as condições de carregamento, possíveis alívios de tensões nos tirantes em obras civis e avaliar possíveis deformações e inclinações no maciço, além de todo o acompanhamento técnico da obra, a Egis será responsável pelo fornecimento, instalação e monitoramento de células de carga, bem como pela coleta de dados e monitoramento de inclinômetros.

A obra apresenta um contraempilhamento de mais de 260 mil metros cúbicos de estéril de minério, em aterro compactado e controlado. Essa atividade envolve também o estudo de identificação de materiais, jazidas, assim como o acompanhamento referente ao controle tecnológico de laboratório de cada camada compactada.

Páginas