Seis contratos com a Secretaria de Infraestrutura Urbana (Siurb) da Prefeitura de São Paulo foram assinados pela Egis em novembro de 2020. O escopo dos contratos engloba inspeções especiais, vistorias, ensaios, laudos técnicos, verificações estruturais, projeto executivo de requalificação e concepção de recuperação estrutural de Obras de Arte Especiais (OAE’s) em diversas localidades do município de São Paulo.

Em conjunto com empresas consorciadas, a Egis venceu a licitação do Metrô de São Paulo para análise técnica de projetos executivos de obras civis e documentação técnica da via permanente e sua homologação para a linha 2 – Verde, no trecho entre a estação Vila Prudente e o poço de Ventilação e Saída de Emergência (VSE) Padre João.

O plano estratégico de 2014 do município de São Paulo prevê a desativação gradual até 2029 do tráfego de veículos no Elevado Presidente João Goulart, popularmente conhecido como Minhocão, na região central da cidade.
Com o objetivo de adaptá-lo ao uso de pedestres, promovendo acessibilidade, segurança e conforto, a SP Obras, empresa pública municipal, contratou a Egis, em consórcio com empresa parceira, para o desenvolvimento dos projetos básicos e executivos de oito acessos entre as Ruas General Jardim e Praça Dom Ernesto de Paula. Esses acessos poderão ser por escadas, rampas, elevadores ou pela composição dessas soluções.
O contrato contempla a execução de sondagens, ensaios e projetos de arquitetura, estrutura, geometria, drenagem, pavimentação, sinalização, elétrica, iluminação, urbanismo e interferências.

A Egis está atuando para a Secretaria Municipal das Subprefeituras de São Paulo no monitoramento, na fiscalização e no controle tecnológico de obras de reparação de pavimentos flexíveis, concreto e articulados danificados por obras de infraestrutura urbana realizadas por concessionárias na Zona Norte e no Centro da cidade.

Juntos, trabalhamos para melhorar a mobilidade da maior metrópole do país.

 

 

Durante a pandemia de Covid-19, boa parte das pessoas está passando mais tempo em casa, o que aumenta o risco de acidentes domésticos. Para evitá-los, listamos algumas dicas de segurança. Confira!

Sete dicas para evitar acidentes domésticos

1. Nunca mude a chave (verão/inverno) com o chuveiro ligado, isso pode acarretar um choque elétrico;

2. Durantes as tempestadesdesligue os aparelhos eletrônicos da tomada;

3. Evite sobrecarregar o sistema elétrico, ligando vários aparelhos na mesma tomada;

4. Nunca deixe crianças sozinhas e trancadas em casa. Procure deixá-las sempre sob a supervisão de um adulto;

5. Evite fumar na cama, pois você pode pegar no sono e acabar causando um incêndio;

6. Ao sair de casa, verifique se você deixou o botijão de gás desligado;

7. Retire do chão fios e outros objetos para não tropeçar.

 

EM CASO DE EMERGÊNCIA

- Ligue 193 ou 192 e forneça o endereço da emergência;

- Siga as instruções e aguarde a chegada do serviço especializado.

Fonte: Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo

Previna-se do câncer de pele durante a estação

No mês de dezembro, é realizada a campanha nacional de prevenção ao câncer de pele, chamada Dezembro Laranja e promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de pele não melanoma é o mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. A boa notícia é que a doença apresenta percentual de cura elevado quando detectada e tratada nos estágios iniciais.

Em 2020, a campanha Dezembro Laranja completa sete anos de existência e foca na conscientização das crianças, destacando a importância da adoção de hábitos de fotoproteção desde a infância. Listamos, a seguir, alguns dos principais:

  • Evite a exposição solar entre 9h e 15h;
  • Utilize filtro solar com FPS igual ou superior a 30, reaplicando-o a cada duas horas ou sempre que houver contato com a água;
  • Caso precise se expor ao sol no período entre 9h e 15h, além do filtro solar, use boné ou chapéu, óculos de sol e, se possível, blusa com proteção UV.

Seja consciente: curta o verão com saúde!

Descubra a atuação da Egis em BIM 

Lançamos em dezembro de 2020 um novo vídeo sobre as soluções da Egis em BIM na América Latina
O conteúdo apresenta alguns dos projetos desenvolvidos pela Egis com a modelagem, que integram as diversas disciplinas em todos os níveis de detalhamento. O BIM ainda pode ser empregado em conjunto com sistemas de informação geográfica (GIS), também fornecidos pela Egis.
Entre as vantagens da modelagem BIM, estão a melhoria na precisão orçamentária (Capex), a redução do custo de operação (Opex), do tempo de execução da obra e do impacto ambiental e a visualização otimizada do projeto.

Conheça todos os serviços da Egis em BIM.

Com mais de 30 áreas de especialização, a Engenharia é um dos campos de conhecimento mais antigos da história da humanidade, responsável por uma série de invenções que revolucionaram a vida em sociedade.

No Brasil, comemoramos hoje, dia 11 de dezembro, o Dia do Engenheiro.

Agradecemos a contribuição de todos os nossos engenheiros, que nos ajudam a construir um futuro sustentável!

Egis confirma su implantación en México con la participación en el ambicioso proyecto ferroviario Tren Maya. En consorcio con dos empresas de ingeniería locales, Triada y Transconsult, Egis gana el contrato de supervisión de obra del tramo 4 del proyecto ferroviario Tren Maya

Tren Maya, un proyecto importante para el desarrollo de México

Como parte del Plan Nacional de Desarrollo (PND) 2019-2024, el gobierno mexicano ha emprendido el proyecto Tren Maya. Dicho tren permitirá la circulación de viajeros y mercancías a lo largo de cerca de 1.500 km, interconectando 5 entidades federativas (Yucatán, Quintana Roo, Campeche, Tabasco y Chiapas), lo que permitirá la circulación entre los principales centros turísticos y las comunidades rurales. La línea potenciará una serie de oportunidades de desarrollo comercial y social, en beneficio de la población, de las empresas locales, así como del turismo nacional e internacional.

Este gran proyecto, dividido en 7 tramos, representa una verdadera oportunidad para el sistema ferroviario mexicano, al ofrecerle la posibilidad de volver a ser uno de los motores de desarrollo del país.

Tramo 4 (Izamal-Cancún) : un impacto ambiental reducido

El tramo 4 mide 250 km y cuenta con 3 estaciones ferroviarias: la primera en Chichén Itzá, la segunda en Valladolid y la tercera en Cancún. Se aprovechara del derecho de vía de la carretera 180 D (entre Kantunil y Cancún) para construir los 225 km de la línea. Solo en los extremos no se utilizara el derecho de vía de la carretera (21 km al inicio y 7 km al final). Esta configuración permite reducir tanto el impacto ambiental del proyecto como el costo de adquisición de los nuevos derechos de vía. El tren será eléctrico y bidireccional incluyendo la construcción de una vía doble.

Egis, experto en supervisión de obra

El alto conocimiento de Egis en la gestión y supervisión de obra de proyectos ferroviarios de gran magnitud al internacional representa un activo determinante para el éxito del proyecto. En asociación con Triada, el mandatario, y Transconsult, Egis se hará cargo de supervisar la construcción de la plataforma ferroviaria y la vía férrea, así como de las obras de adaptación de la carretera a lo largo del trazado. El contrato también incluye la supervisión de obra del centro de mantenimiento ubicado en las inmediaciones de Valladolid y las distintas estructuras (puentes viarios y ferroviarios, estructuras para la fauna, pasarelas, etc.). El contrato, de más de 2 años de duración, movilizará a más de 250 personas durante todo el proyecto.

Egis confirma su implantación en América Latina

Después de la puesta en servicio del metro de Guadalajara hace algunas semanas, Egis demuestra nuevamente sus capacidades de supervisión de obra en un proyecto de gran magnitud a nivel nacional, capaz de modificar profundamente la vida cotidiana de la población y la vida económica, social y medioambiental de los territorios. Que sea en el ámbito del transporte urbano como en el del transporte ferroviario, Egis se posiciona como un actor clave en América Latina.

 

Páginas