Projeto ferroviário Tren Maya

A Egis supervisionará as obras do Tramo 4

Idealizado pelo governo mexicano, o projeto Tren Maya conectará os estados de Yucatan, Quintana Roo, Campeche, Tabasco e Chiapas e permitirá o transporte de passageiros e mercadorias por uma extensão de 1.500 quilômetros, favorecendo a mobilidade entre grandes centros turísticos e comunidades rurais. A linha é composta por sete trechos e a Egis atuará, em parceria com empresas consorciadas, na supervisão de obras do Tramo 4, com 250 quilômetros de extensão e três estações ferroviárias: Chichén Itzá, Valladolid e Cancún. A fim de reduzir tanto o impacto ambiental gerado pelo projeto quanto o custo de aquisição de terreno, o percurso da rodovia 180 D, entre Kantunil e Cancún, será utilizado para a construção de 225 quilômetros do Tramo 4. 

Com mais de dois anos de duração, o contrato também inclui a fiscalização das obras do centro de manutenção localizado nas proximidades de Valladolid e de diversas estruturas, como pontes rodoviárias e ferroviárias, passagens de fauna e passarelas, envolvendo mais de 250 colaboradores.